O arqueólogo é responsável pelo estudo das relações humanas através de objetos fabricados e utilizados no passado. Com um vasto conhecimento em história e através de visitas a sítios arqueológicos, é possível que esse profissional trace hipóteses e teorias a respeito da evolução das civilizações.

No Brasil, faltam profissionais para trabalhar nessa área. Hoje, existem apenas 11 cursos de Arqueologia em todo território nacional e a quantidade de alunos formados todos os anos não é o suficiente para suprir a demanda que o país necessita.

O curso tem duração de 4 anos e a pessoa que se interessar pela carreira deverá ter a absoluta certeza de que gosta muito de história, sociologia e um pouco de matemática, pois aulas de estatística também fazem parte da grade curricular.

Depois de formado, você poderá atuar em diferentes mercados, como:

– Consultoria: prestar assessoria a empresas públicas e privadas, efetuar relatórios arqueológicos e definir características de ocupação.

– Exploração: atuar em campo, fazendo escavações e recolhendo materiais para pesquisa.

– Pesquisa: elaborar relatórios através de análises de materiais recolhidos em escavações.

– Educação: dar aulas, palestras e promover atividades de preservação de recursos patrimoniais.

Já pensou fazer uma faculdade que, além de te ensinar coisas sobre o passado, te dá a possibilidade de botar a mão na massa e fazer novas descobertas?

Se você não vê a hora de começar o curso de Arqueologia, lembre-se que você pode contar com o Consórcio Luiza.

Com a carta de crédito de “Serviços”, você pode pagar a sua faculdade de uma maneira que não pesa no seu bolso.
Acesse www.consorcioluiza.com.br e saiba mais.

Até quinta-feira que vem com mais “Quer Saber?”.

foto: wikimedia