Saiba como construir seu imóvel sem surpresas pelo caminho

Chegou o momento de realizar o sonho da sua casa própria e você optou pela construção para que seu cantinho fique a sua cara, mas tem dúvida sobre o custo da construção do seu imóvel? Então saiba que você acessou a matéria certa.

O custo da construção do seu imóvel dependerá de diversos fatores, desde o padrão da sua casa ou apartamento, até a contratação do tipo de mão de obra necessária.
Não podemos nos esquecer dos índices e indicadores do custo da obra.
Então vem com a gente e mãos à obra para calcular o orçamento da sua construção:

• Você pode consultar o preço da sua construção por meio de:
Planilhas para previsão: disponíveis para consultas na internet, essas planilhas podem ajudar com cálculo de preço previsto e detalhado da obra, inserindo informações como quantidade de cômodos, padrão de acabamento, modelo de pisos, portas e outros detalhes.

Orçamentistas: empresas ou profissionais especializados em orçamentos para imóvel.

CUB do seu estado: Uma das formas mais fáceis de consultar o orçamento do seu imóvel é o CUB, um custo médio oficial por estado. Comentaremos mais detalhadamente sobre o CUB no decorrer da matéria.

Engenheiros ou arquitetos: profissionais que executam o seu projeto e podem oferecer dicas interessantes e econômicas, para sua construção.

• Sempre leve em conta alguns itens.
Proporção do imóvel, acabamento, terreno e arquitetura. Lembre-se que alguns fatores, como arquitetura e terreno, podem influenciar para que o custo da sua casa fique acima da média.

• Nível do imóvel.
O nível do seu imóvel pode variar conforme o material utilizado para acabamento e acessórios como louças, torneiras, pias e cubas.

• Arquitetura.
A arquitetura é outra condição que pode variar no custo da sua construção. Por exemplo, uma casa comum, que possua os cômodos básicos, terá um custo diferente de uma casa que tenham quartos com sauna, escritórios e outros cômodos luxuosos. Podemos dizer que duas casas, com a mesma metragem, podem ter custos diferentes, dependendo da sua arquitetura.

• Contratação de mão de obra.
A contratação da mão de obra pode ser um bom negócio, por deixar o processo de construção na mão de quem realmente entende do negócio. Você pode economizar, caso contrate uma pequena equipe e gerencie sua obra, mas lembre-se que esta opção requer conhecimento e tempo.

• Escolha do terreno.
Neste caso, o que conta no seu orçamento é o nivelamento do terreno: construções realizadas em terrenos com aclive, declive ou área muito acidentada, terão valores mais salgados devido a criação da estrutura para fundamento da casa.

• Cub/m².
O intuito do CUB é padronizar o mercado imobiliário, oferecendo uma base para os custos dos imóveis. Mas como padronizar custos sendo que o acabamento pode diferenciá-los? A resposta é que cada estilo de casa é separado com base em padrões, com metragens fixadas em áreas real m² e área equivalente m².

SINAPI.
Índice que também demonstra os custos m² de um imóvel, em seu estado, e é atualizado mensalmente, por meio de pesquisa do IBGE.

Agora que você já sabe como calcular o custo da sua construção, não perca tempo e adquira o plano de imóveis do Consórcio Luiza. Com ele, você vai economizar muito na construção do seu imóvel, pois disponibilizará de dinheiro à vista, na mão, podendo optar por receber o valor integral, em menor tempo, ofertando o seu lance.

Faça uma simulação e entenda porque o nosso plano de imóvel compensa muito mais. Com o Consórcio Luiza, sua casa tem o alicerce forte, sem os juros que podem afundar sua construção.

Construa seu sonho com a gente.