Nós já vimos aqui que a Educação Financeira pode e deve começar desde cedo, mas, para quem já está na luta para manter as finanças em dia, confira 5 dicas valiosas para começar a sair do aperto.

1 – Não gaste mais do que você ganha.
Essa é mais do que uma dica, é a principal regra da educação financeira. Quando o valor do seu salário é menor do que você gasta por mês, é praticamente impossível sair do vermelho. Cortar todos os excessos é a forma de conseguir o equilíbrio financeiro.

2 – Realize o consumo consciente.
Levar em conta cada detalhe do produto ou serviço que você vai adquirir é um passo importante para não perder dinheiro. Aqui é importante pesquisar o que pretende comprar, analisar a realidade financeira, pensar e repensar se você necessita mesmo da aquisição e, só depois, tomar a atitude.

3 – Comece aos poucos.
Para alcançar os objetivos e economizar é preciso planejamento. Comece cortando as contas desnecessárias e, aos poucos, você terá apenas despesas que cabem no seu orçamento e que não comprometem seu dinheiro.

4 – Não gaste antes de receber.
Parece que não, mas muita gente já faz planos e investimentos antes mesmo do dinheiro entrar em caixa. Evite o desperdício e gaste apenas com o dinheiro em mãos.

5 – Poupe, poupe e se não der poupe.
Esqueça aquele negócio de que no final do mês “eu guardo o que sobrar”. Deposite na poupança ou faça os investimentos assim que o seu salário chegar. Além da poupança, fazer um Consórcio também é uma ótima alternativa, pois você terá o compromisso do pagamento do boleto todos os meses e, além disso, tem a chance de contemplação em qualquer período do plano. Assim, você poderá adquirir o seu bem pagando muito menos e livre de juros. Sem contar que você pode escolher as parcelas de acordo com seu orçamento.

Opções para você poupar não faltam, o que você precisa antes de tudo é se planejar.

Quer conhecer mais sobre essa forma de investimento? Acesse www.consorcioluiza.com.br e conte com uma equipe especializada em consultoria financeira.