Depois do casamento é natural na vida, da maioria dos casais, a chegada dos herdeiros.

Gerar uma vida e guiá-la para o caminho certo é uma responsabilidade e tanto, inclusive quando o assunto é educação.

Escolher a primeira escola então é, sem dúvida, uma das missões mais difíceis. A base da educação precisa ser realizada com muita eficiência para que quando a criança inicie no ensino fundamental ela esteja preparada para o que vem pela frente e possa acompanhar o desenvolvimento da turma toda.

Para acertar nessa escolha, o Consórcio Luiza preparou algumas dicas que podem fazer a diferença.

  • Faça uma lista das escolas que mais agradam você, incluindo o valor de mensalidade, localização e qualquer observação que tenha conseguido sobre ela.
  • Nunca escolha apenas pelo valor das mensalidades. O valor da mensalidade conta para o seu bolso não para a qualidade do ensino. Hoje em dia existem boas opções com valores bem acessíveis.
  • Visite todas as escolas pretendidas. Assim você conhece melhor a estrutura física do local e tem um maior contato com os responsáveis pelo ensino.
  • Procure contato com quem tem filhos matriculados na escola. Nada melhor do que conversar com mães e pais de outros alunos para entender melhor todo o processo de ensino e qualidade oferecida.
  • Analise as exigências da escola. Existem lugares que exigem dos alunos até material de higiene pessoal, o que é um erro e encarece ainda mais a manutenção da criança na instituição de ensino.
  • Avalie e peça para ter contato com o material pedagógico da escola. Com isso você vai saber melhor tudo o que a escola terá para oferecer para seu filho em relação à formação intelectual.
  • Depois da escolha, acompanhe de perto os pequenos. Frequente a escola, compareça em reuniões de pais e caso perceba algum problema, mostre-se sempre presente.