Entrou em vigor no dia 1º de janeiro de 2018 a tarifa branca, uma norma regulamentada pela ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, que oferece aos consumidores um novo regime de preço baseado na variação do valor da energia conforme o dia e o horário do consumo.

Quem pode aderir?
Essa opção é oferecida às unidades consumidoras de baixa tensão (127, 220, 380 ou 440 Volts) e com consumo médio superior a 500kWh/mês nos últimos 12 meses. A tarifa branca não se aplica aos consumidores residenciais classificados como baixa renda, beneficiários de descontos previstos em Lei, e à iluminação pública.
Em 2019, deverão ser atendidas unidades com consumo médio superior a 250kWh/mês e, em 2020, os consumidores de baixa tensão, qualquer que seja o consumo.

Como funciona na prática?
Se você adotar hábitos que priorizem o uso da energia fora do horário de pico, diminuindo bastante o consumo nesse período, a Tarifa Branca é uma oportunidade de reduzir o valor da conta de energia.
Nos dias úteis, a tarifa branca tem três valores: ponta, intermediário e fora de ponta. Esses períodos são estabelecidos pela ANEEL e são diferentes para cada distribuidora. Aqui você pode conferi-los.
Nos fins de semana e feriados nacionais o valor cobrado é sempre o fora de pico.

Quando é vantagem?
Essa opção é vantajosa para quem consegue ter disciplina e concentrar o uso de eletrodomésticos e chuveiro elétrico fora do horário de pico que, no geral, vai das 17h às 22h.
Em contrapartida, durante esse período de pico, a energia pode ficar bem mais cara.
Compare suas contas com a aplicação dos dois tipos de tarifa, analise os hábitos da sua casa e da sua família, e decida o que é mais vantajoso pra você.

Como aderir?
Se for vantagem pra você esse novo tipo de cobrança, faça a solicitação diretamente na empresa distribuidora de energia da sua cidade.
O modelo da fatura não mudará, mas a conta virá com informações do consumo em cada segmento horário (ponta, fora ponta e intermediário).

Gostou da notícia? Fique ligadinho aqui no blog, tem sempre muita informação e dicas úteis, além de novidades em primeira mão!

Fonte: http://www.aneel.gov.br