Apesar de continuarmos com as mesmas 24h por dia que nossos bisavôs tinham, a impressão é que o tempo anda mais curto, muitas coisas para fazer e pouco tempo para realizá-las. Existem muitas teorias e motivos para que tenhamos a sensação de que temos pouco tempo, mas um motivo básico na vida de muitas pessoas é que perdemos tempo com coisas desnecessárias.

Por que você mantém várias coisas que não usa há anos e nem pretende usar?

Revistas não lidas há meses, enfeitinhos diversos, papéis de quando estava sendo alfabetizado, ímãs que não cabem mais nas laterais da geladeira e etc. Seja no trabalho ou em casa, a realidade é que guardamos coisas que não precisamos e nem precisaremos e depois perdemos tempo limpando e tentando se encontrar na bagunça.

Escolha menos para sobrar mais tempo

Ter no armário apenas roupas que usa (e servem) facilita na hora de se vestir. Muitas vezes achamos que não temos roupa porque justamente as que gostamos ou servem fica perdida no meio de tantas outras. A dica é antiga, mas é válida: se não usou há um ano, doe!

Para que encher a estante ou rack de bibelôs e depois gastar 3 horas para desempoeirá-los? Este tempo não poderia ser melhor aproveitado fazendo outra atividade? Ou ainda, quantas vezes você adia a faxina só de lembrar que tem que tirar tudo do lugar e depois colocar novamente? Facilite, decore sua casa de forma minimalista.

Uma vida mais leve

Uma vida mais leve é também parar de carregar coisas que não precisa. Se você gosta de guardar lembranças, escaneie os documentos, papeis, fotos antigas e demais coisas que guarda e faça um mural com as melhores lembranças e guarde as demais em um HD externo ou em sistemas de armazenamento em nuvem, assim elas sempre estarão ao alcance (e não no fundo de caixas que você nem lembra o que tem dentro), e você terá uma casa mais fresca, com mais espaço e sobrará um pouco mais de tempo para usá-lo com o que gosta.