Além da preparação emocional, você precisa estar atento ao planejamento financeiro dessa aventura.

Recentemente o Brasil ultrapassou mais de 302 mil estudantes no exterior, o que mostra que o sonho do intercâmbio deixou de ser exclusividade da classe média-alta e está se popularizando cada vez mais. Com as facilidades de pagamento como o consórcio, fica apenas a dúvida: qual o momento certo para o intercâmbio?

É muito importante considerar alguns fatores para decidir o momento certo, como a maturidade do seu filho, seu planejamento financeiro e o objetivo do intercâmbio.

Dicas sobre o planejamento

O tipo de intercâmbio mais tradicional é o high school, no qual o adolescente vai para outro país para frequentar uma escola regular de ensino médio. Para essa modalidade, o estudante pode ficar de 6 meses a 1 ano em outro país e as acomodações geralmente são em casas de famílias que estão acostumadas a hospedar estudantes.

Apesar da segurança de “ter uma família” cuidando do seu filho, é importante prepará-lo para as diversidades. Analise a capacidade de resolver problemas, a independência emocional e até mesmo se o seu filho se adapta fácil à novas rotinas e processos do dia a dia. Além da diferença de idioma, a linguagem, os costumes e alimentação serão bem diferentes, por isso é importante que ele esteja preparado para provar novos sabores e novas culturas.

Outra dica é conhecer outras pessoas que foram para o mesmo país que seu filho deseja ir, a troca de experiências pode ser decisiva na escolha do país, da cidade de destino e até mesmo da agência que irá realizar todo o trâmite dessa viagem.

Pergunte também qual a idade que o jovem tinha quando realizou o intercâmbio e se ele estava seguro naquele momento e como foi o acolhimento naquele país. Essa pergunta pode despertar vários questionamentos internos no seu filho e até mesmo dar segurança para que ele se sinta pronto.

Além disso, preveja todos os gastos, desde o custo do curso até passagens, tarifas, táxi, alimentação e as famosas lembrancinhas, seguro viagem, hospedagem, alimentação, passagens aéreas, entre outros. Com todos os gastos em mãos, confira o seu planejamento financeiro e defina um prazo: quanto tempo você precisa para garantir 100% dos gastos em mãos e ficar tranquilo em relação à imprevistos?

Aposte em agências de intercâmbio

Uma boa saída é procurar uma boa agência antes de fechar um intercâmbio, quanto maior a cobertura de serviços da agência que você escolher, mais simples será o processo todo, já que eles possuem experiência e vão acompanhar a família, o desempenho na escola e todas as necessidades do seu filho durante essa aventura.

As agências de intercâmbio mais completas costumam oferecer pacotes com tudo incluso e a facilidade com isso é a possibilidade de pagar todos os gastos com uma carta de crédito e planejar o restante do orçamento em um cartão internacional pré-pago, por exemplo. Assim você evita estourar o orçamento com taxas, tarifas e juros de transações internacionais.

Educação financeira

E para você que tem um pré-adolescente em casa que já está começando a falar em intercâmbio, lembre-se que consórcio também é educação financeira: sugira utilizar parte da mesada para participar de todo o planejamento desse momento com as parcelas dos planos de serviços que cabem direitinho no orçamento.

 

Faça um orçamento agora mesmo, converse com nossos especialistas nas Lojas do Magazine Luiza ou através do Televendas – 0800 9403400.