Recentemente explicamos em outro post aqui do blog porque existe o reajuste nas cartas de crédito do consórcio e chegamos à conclusão de que esse reajuste ajuda o consorciado a garantir o poder de compra futuramente. Mas ficamos com a dúvida, como calcular?

Vale relembrar antes do cálculo como funciona esse reajuste: em setembro o Consórcio Magalu realiza uma média dos índices de alteração de preços do mercado que é calculado pela FGV, sendo eles: INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) para as cartas de imóveis, e IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) para os demais segmentos.

Essa média acumulada é aplicada sobre as cartas de crédito e começa a valer a partir do vencimento de outubro e, consequentemente, o valor da diferença é acrescentado às parcelas dos consorciados. Para esclarecer como é feito esse cálculo vamos à um exemplo prático:

E aí, ficou entendido? Se ainda tiver dúvidas, converse com a nossa Central de Atendimento e pergunte tudo o que você precisar sobre o reajuste!

O Consórcio Magalu trabalha com transparência e fica feliz em esclarecer todas as suas dúvidas para que a sua experiência conosco seja a mais tranquila e feliz do começo ao fim, afinal, nós somos os únicos especialistas em realizar sonhos!

 

Você pode entrar em contato com a Central de Atendimento do consórcio Magalu através dos seguintes canais:

Chat

– 0800 341214

– atendimento@consorcioluiza.com.br

– Pessoalmente na Rua Voluntários da Franca, 1311, Centro, Franca-SP